Secretaria de Saúde viabiliza tecnologia para municípios.

Representantes dos municípios de Itaúna (MG) e Umuarama receberam nesta terça, 30, o código fonte do Sistema Gestor de Saúde, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Centro de Tecnologia da Informação (CTI) e Centro de Informação em Saúde (CIS), em parceria com uma empresa maringaense de fabricação de software. O código fonte são linhas de programação para formar o sistema em sua versão original.

A Secretaria de Saúde promoveu um workshop sobre o funcionamento do sistema e uma visita dos representantes para conhecerem a tecnologia utilizada na prática na Policlínica Zona Sul. Implementado em 2008, o sistema gerencia estoques – incluindo medicamentos e material hospitalar – farmácias, aplicação de vacinas, laboratório, prontuário eletrônico, entre outros serviços. A contrapartida dos municípios beneficiados é a de introduzirem novas funcionalidades, ajustes e correções para o aprefeiçoamento do sistema, garantindo a eficiência e atualização constante.

O coordenador do CIS da Secretaria de Saúde, Sílvio Torres, destaca que o sistema já recebeu prêmios nacionais, sendo referência para outros estados. “Além de outros municípios paranaenses, cidades de São Paulo e Minas Gerais receberam o código fonte para o desenvolvimento da tecnologia. Com o sistema acabam os papéis e os exames podem ser visualizados na tela do computador. A tecnologia também diminui as filas nas Unidades Básicas de Saúde, pois alguns serviços podem ser realizados em qualquer lugar pelo celular”, informou.

Os representantes dos municípios que receberam o código fonte comentaram sobre a tecnologia. O responsável pela Tecnologia da Informação de Umuarama, Reginaldo de Melo, explica que o município utiliza um sistema desafado e necessita de uma melhor opção. “Maringá tem um sistema em que o próprio município pode atualizar versões economizando recursos sem o pagamento a empresas de software”, afirmou.

O secretário municipal de Saúde de Itaúna, Fernando Meira de Faria, lembrou que conheceu o sistema por meio de outros municípios mineiros que já estão usando a tecnologia. “Sabemos que esse sistema funciona há bastante tempo e será um excelente recurso, integrando as ações da secretaria, otimizando e evitando o retrabalho, além gerar economia para o município”, destacou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui