Maringá é destaque na geração de empregos em 2019

0
318

Maringá repetiu no último levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de 2019 o que aconteceu em quase todo ano: ser a principal geradora de empregos no interior. Dados anunciados ontem, 20, apontam o Paraná como a quarta maior geradora de empregos no país, com 2.677.869 pessoas com carteira de trabalho assinada entre janeiro e novembro. Sendo entre cidades paranaenses com mais de 30 mil habitantes que mais acumularam empregos Curitiba está em primeiro com 25,4 mil e Maringá em segundo com 5,5 mil novas vagas de trabalho. 

Setores no Estado que mais geraram empregos foram serviços (41.821), comércio (14.059), construção civil (10.082) e indústria de transformação (8.125). Os dez segmentos que mais ofertaram empregos entre janeiro e outubro desse ano na Agência do Trabalhador de Maringá foram: auxiliar de produção com 231 vagas; auxiliar de limpeza com 124; vendedor pracista com 111; vendedor interno com 105; auxiliar de cozinha com 89; recepcionista com 87; operador de caixa com 82; soldador com 79; auxiliar administrativo com 76; motorista de automóveis com 68. 
A Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide) além de trabalhar para abertura de mais empresas em Maringá, também faz parcerias para formar mão de obra. Há projetos com universidades e empresas que ofertam cursos profissionais. Além do assunto receber atenção do Conselho Municipal do Trabalho de Maringá. “Estamos sempre orientando e ajudando os trabalhadores a buscar qualificação profissional”, comenta diretora da Agência do Trabalhador de Maringá, Clarice Chimirri. A agência realizou 114.368 procedimentos entre janeiro e novembro desse ano. Entre intermediações de entrevistas de emprego, confecção da carteira de trabalho, atendimento sobre seguro-desemprego, entre outros. 
Os encaminhamentos para entrevistas de emprego nas empresas somou 59,7 mil até então. Sendo 7390 em janeiro, 6164 em fevereiro, 5635 em março, 6002 em abril, 5985 em maio, 4687 em junho, 5714 em julho, 4969 em agosto, 3939 em setembro, 5102 em outubro e 4144 em novembro. 
ECONOMIA – Dados do Caged somam com os do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que divulgou essa semana que o Produto Interno Bruto (PIB) de Maringá cresceu 5,06% em 2017 na comparação com o ano anterior, alcançado R$ 16,9 bilhões. O que mostram Maringá com economia forte e crescente mesmo com crise no país. A Agência Trabalhador fica na avenida João Paulino Vieira Filho, 917, no Novo Centro. Atendimento entre 8h e 17h. Hoje há 321 vagas de trabalho disponíveis. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui