PM que aparece em vídeo não é a Coronel Audilene

0
424

Em aplicativos de WhatsApp circula vídeo em que uma policial agride um homem acompanhado de texto que insinua tratar-se da Coronel Audilene, candidata a prefeita pelo PP. Enquanto alguns acreditam ser estratégia para atrair eleitores bolsonaristas desatentos, outros veem como ofensivo à candidata.

O vídeo, na verdade, é de abril do ano passado e mostra a cabo Conceição, do 8º Batalhão da Polícia Militar de Teresina (PI). Ela foi presa depois de agredir o assaltante. Continue lendo aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui