Athletico-PR e Flamengo fazem duelo de estreia na Copa do Brasil

0
448

Jogo das oitavas de final será transmitido ao vivo na Rádio Nacional

O duelo de rubro-negros agita a noite desta quarta-feira (28). Athletico-PR e Flamengo estreiam na Copa do Brasil às 21h30 (horário de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). O jogo válido pelas oitavas de final será a reedição das quartas de final do ano passado, quando os paranaenses eliminaram os cariocas, e depois colecionaram vitórias até conquistarem o título de 2019. A partida terá início às 21h30 (horário de Brasília) e será transmitida ao vivo, na Rádio Nacional

O Flamengo que entra em campo esta noite vive um momento melhor do que o Furacão na temporada 2020. No Campeonato Brasileiro, o time carioca ocupa a vice-liderança. Já os athleticanos estão na zona de rebaixamento, em 18º lugar. As duas equipes já estiveram frente a frente este ano pelo Brasileirão, e o Flamengo levou a melhor no Maracanã, ao vencer o Furacão por 3 a 1.

Em relação à Copa Liberadores, ambas as equipes avançaram às oitavas de final. Contudo, a equipe carioca comandada pelo técnico Domènec Torrent se classificou na primeira colocação do Grupo A, enquanto o time de Paulo Autuori ficou em segundo lugar no Grupo C. 

Flamengo e Athletico-PR também se enfrentaram em em fevereiro, pela Supercopa do Brasil, competição entre os campeões da Libertadores e da Copa do Brasil  no ano seguinte a conquista dos títulos. O Rubro-Negro carioca venceu o Furacão, por 3 a 0 no estádio Mané Garrincha, em Brasília

Confira aqui a tabela de classificação da Copa do Brasil.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

COMPARTILHAR
Artigo anteriorA APP-Sindicato destaca que Ratinho Jr prometeu diálogo, mas fecha as portas para qualquer opinião ou estudos vindos dos servidores públicos
Próximo artigoPalmeiras: taça do título Paulista chega a Maringá nesta quarta
Agência Brasil
A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) começou a ser idealizada em maio de 2007, durante o I Fórum Nacional de TVs Públicas, em Brasília. O evento envolveu amplos setores da sociedade civil, incluindo acadêmicos, comunicadores, cineastas, jornalistas, representantes de movimentos sociais, dirigentes de emissoras de rádio e televisão não-comerciais, assim como grupos e entidades dedicados a refletir sobre a comunicação. A proposta básica foi formulada na Carta de Brasília, a favor da criação de uma televisão pública. Coordenado pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), um grupo de trabalho estudou modelos e alternativas e elaborou as bases da Medida Provisória 398, propondo a criação de uma nova empresa pública federal, com base jurídica no artigo 223 da Constituição Federal. Sua missão institucional seria implantar e gerir os serviços de radiodifusão pública federais. A criação da EBC foi autorizada em 10 de outubro de 2007 pela Medida Provisória (MP) nº 398. O Decreto nº 6.246 de criação da Empresa foi assinado no dia 24 de outubro de 2007. O decreto foi publicado no dia seguinte no Diário Oficial da União. A MP de criação da EBC foi convertida na Lei nº 11.652, em dia 7 de abril de 2018.A Empresa herdou os canais de rádio e TV geridos pela estatal Radiobrás e pela Associação de Comunicação Educativa Roquette-Pinto (Acerp). A EBC ficou encarregada de unificar e gerir as emissoras federais já existentes, instituindo o Sistema Público de Comunicação. Além disso, adquiriu como missão articular e implantar a Rede Nacional de Comunicação Pública. A Medida Provisória 744, publicada em 02 de setembro de 2016, convertida na Lei n. 13.417, de 1 de março de 2017, alterou a estrutura da Empresa. A EBC é administrada por um Conselho de Administração e por uma Diretoria Executiva. A Empresa conta, em sua composição, com um Conselho Fiscal e um Comitê Editorial e de Programação, órgão técnico de participação institucionalizada da sociedade, de natureza consultiva e deliberativa. O Decreto nº 9.660, de 1º de janeiro de 2019, vincula a EBC à Secretaria de Governo, por meio da Secretaria Especial de Comunicação Social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui