Fraternidade humana é tema da quinta edição do Átrio dos Gentios da PUCPR

0
239
Projeto Átrio dos Gentios

Evento tem inscrições gratuitas e em 2020 será realizado, excepcionalmente, de forma virtual; são 30 horas de programação ininterrupta  

Pelo quinto ano consecutivo, o Instituto Ciência e Fé (ICF), da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), promove o projeto Átrio dos Gentios, iniciativa do Pontifício Conselho para a Cultura do Vaticano. Em 2020, o evento será realizado nos dias 16 e 17 de dezembro e, excepcionalmente, vai ocorrer na modalidade virtual, a fim de respeitar as medidas de isolamento social impostas pela pandemia do coronavírus.  

Neste ano, o tema do encontro será Fraternidade Humana. Com apresentações artísticas, conferências com a participação de intelectuais nacionais e internacionais e depoimentos, os momentos estão correlacionados com a encíclica Fratelli Tutti (Todos Irmãos, em português), publicada recentemente pelo Papa Francisco. O documento pontifício possui como objetivo promover a fraternidade universal e a amizade social, caminhos indicados pelo papa para construir um mundo melhor, mais justo e pacífico, com o compromisso de todos: pessoas e instituições.  

Segundo o diretor do ICF, Fabiano Incerti, a edição de 2020 do Átrio dos Gentios vai reunir um número recorde de personalidades das mais diferentes áreas do conhecimento.  “Ainda que num ano atípico, não poderíamos deixar de realizar este projeto, cuja importância é reconhecida por toda a comunidade universitária, tanto interna quanto externa. Para tanto, buscamos construir uma programação de altíssimo nível e acessível, inclusive para outros países, por meio das plataformas digitais”, afirma. 

A programação será bastante diversa e pretende abordar questões sobre migração, educação, ciência, tecnologia, comunicação, política, economia e suas interfaces com a Fraternidade Humana. As inscrições são gratuitas, já estão abertas para todos os públicos e devem ser realizadas no link, onde também é possível conferir a programação completa: https://www.sympla.com.br/atrio-dos-gentios__1073706.  

A participação no evento é exclusiva para os inscritos, com emissão de declaração de participação. 

Convidados – Entre os convidados internacionais confirmados estão os sociólogos Michel Maffesoli (França), Domenico De Masi (Itália) e Maria Lia Zerviño (Argentina); o físico italiano Roberto Cingolani; a filósofa francesa Julia Kristeva; o pedagogo argentino José María del Corral; a teóloga islâmica Shahrzad H. Zadeh; o prior da comunidade de Taizé, Alois Loeser; o Irmão Marista que atua na Síria, Ir. Georges Sabe; e o rabino argentino Daniel Goldman.  

Já entre os convidados brasileiros estão a vice-diretora da Sala de Imprensa da Santa Sé, Cristiane Murray; o jornalista da Rádio Vaticano Silvonei José Protz; o músico Fernando Anitelli; os teólogos Mario de França Miranda, Luiz Carlos Susin e Maria Clara Bingemer; a pastora luterana Romi Bencke; o bispo anglicano Dom Naudal Gomes; o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e reitor da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), Dom Joaquim Mol; e o Cardeal Dom Orani Tempesta. 

Átrio dos Gentios – O encontro é uma iniciativa do Pontifício Conselho para a Cultura do Vaticano e no Brasil acontece em parceria com o Instituto Ciência e Fé da PUCPR e com a CNBB. O objetivo é promover o diálogo entre crentes e não-crentes sobre temas sensíveis à existência humana. O nome “Átrio dos Gentios” remonta ao pátio do antigo Templo de Jerusalém reservado aos não judeus, chamados gentios, no qual os estrangeiros e as pessoas que não confessavam a fé judaica podiam se aproximar do espaço sagrado e encontrar os mestres da lei, com os quais dialogavam e debatiam sobre os mais diversos temas. 

O Instituto Ciência e Fé (ICF) da PUCPR, por sua vez, completando seus 10 anos de atuação em 2020, celebra o encerramento de uma década com esse tema tão importante à Igreja e à PUCPR. Desde sua origem, o ICF tem como missão promover espaços qualificados para o diálogo entre ciência, fé e cultura numa perspectiva humano-cristã. Atento aos desafios socioculturais contemporâneos busca aproximar pessoas das mais diferentes áreas do conhecimento no intuito de refletir, questionar e propor novos olhares sobre as grandes questões que afligem a humanidade na atualidade. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui