Como funciona o torque das abraçadeiras durante a manutenção do cardan

Composto por mancal central, garfo, cruzeta, ponteira, flanges, terminais, luva, pontuva e luveira, entre outras peças, o eixo cardan, presente, entre outros veículos, em caminhões e veículos 4X4, requer alguns cuidados ao fazer a manutenção. Caso contrário, o veículo pode parar inesperadamente e ocasionar até acidentes. “Um dos principais fatores que merece atenção é o aperto correto das abraçadeiras do cardan, por isso é fundamental aplicar o torque adequado a cada veículo”, afirma Edson Vieira, assistente técnico da Nakata.

Vieira recomenda verificar o torque sempre no manual de lubrificação do cardan para que o torque não seja em excesso ou insuficiente, ambas as situações podem causar problemas, desgaste ou fratura, danificando componentes.

A vida útil do eixo cardan é bastante longa com manutenção adequada, incluindo a lubrificação periódica com graxa EP-2, à base de sabão de lítio, própria para altas temperaturas. “Varia também conforme a forma que o motorista dirige o veículo, as vias em que trafega e o peso da carga que transporta já que solos esburacados e de terra, bem como a sobrecarga, exigem mais do cardan”, comenta.

Para realizar a manutenção do eixo cardan é preciso maquinário adequado, além disso, há necessidade de conhecimento técnico e uso de EPI’s, como luvas e óculos.