Região Sul mantém tendência de alta em casos de Covid, aponta levantamento da Dasa

Região Sul mantém tendência de alta em casos de Covid,
Região Sul mantém tendência de alta em casos de Covid,

Brasil tem 28% de positividade para Covid-19 no Brasil; Sul registra 39% de casos positivos nas mais de 900 unidades da rede.

Maringá, 24 de maio de 2022 – Levantamento realizado pela Dasa, maior rede de saúde integrada do Brasil e da qual o laboratório maringaense São Camilo faz parte, identificou um aumento nos índices de positividade para Covid-19 nas mais de 900 unidades da rede. 
A média semanal de resultados positivos em todas as unidades do país passou de 23,93% na semana de 9 a 15/05, para 28,22% entre os dias 16 e 22 de maio, um aumento de 4 pontos percentuais. Se comparada com a média da semana de 2 a 8/05, quando a média foi de 19,93%, o aumento é de 8 pontos percentuais.

A região Sul mantém tendência de alta, com 39,11% de positividade na semana de 16 a 22 de maio (na semana anterior, o índice foi de 37,01%). Em São Paulo, a positividade foi de 24,80% de 9 a 15/05, para 29,56%, na última semana – um aumento de 4,7 pontos percentuais. O Distrito Federal, comparando as mesmas semanas, apresenta o maior aumento do índice de positividade, que passou de 18,77% para 26,04%, uma diferença de 7 pontos percentuais. Já nas unidades do nordeste, o aumento foi de 4 pontos percentuais, passando de 10,67% para 14,98% no mesmo período.

No Rio de Janeiro, o índice apresentou um leve aumento nas duas semanas, passando de 21,44% para 25,01% de positividade para Covid-19. Na região Centro-Oeste, os índices de positividade foram 20,49% para 26,09%, sempre comparando as mesmas semanas.

A média de volume de testes realizados em todas as unidades do Brasil apresentou aumento de 18%, comparando as semanas de 9 a 15/05 a 16 e 22 de maio. A maior alta regional foi em São Paulo com aumento de 23% em testes realizados. No Rio de Janeiro, esse crescimento foi de 21,2% e, na região Centro-Oeste, de 22%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui