PM Rhaillayne Oliveira de Mello confessou ter matado a irmã

PM Rhaillayne Oliveira de Mello
PM Rhaillayne Oliveira de Mello

De acordo com depoimentos da própria PM, seu marido — que também é policial militar — e testemunhas do crime, Rhaillayne estava bebendo há aproximadamente 12 horas no momento em que disparou contra a irmã. Relatos indicam que ela discutiu com ao menos quatro pessoas, além de Rhãyna: sua mãe, um motorista da Uber, o dono de um bar e sua outra irmã, que está grávida. Em seu depoimento, ela afirma não lembrar de vários momentos da noite. Continue lendo aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui