Evento de escalada oferece experiência terapêutica para pessoas com deficiências físicas e intelectuais

Neste domingo, 17 de julho, Curitiba recebe a segunda edição do “Escalada Terapêutica”, um evento voltado para pessoas com deficiências.  O objetivo é, através da prática da escalada, melhorar a autoestima e a autoimagem desse público. “Os participantes têm a oportunidade de se desafiarem, superarem seus próprios limites e provarem a si mesmos que as maiores limitações estão em suas próprias mentes” explica o idealizador do projeto, o psicólogo e praticante amador de escalada,  Allef Furtado.

O encontro vai ser no Ginásio Campo Base, em Curitiba, um dos maiores do Sul do país. No local, os participantes vão enfrentar um muro de quase 20 metros. “Nós temos equipamentos adaptados com capacidade de levantar, com segurança, até uma cadeira de rodas”, afirma Furtado. Com o psicólogo estarão instrutores e ajudantes para acompanhar os participantes em uma experiência transformadora. 

“A sensação de  liberdade, de capacidade, é uma quebra de paradigmas internos, que só vivenciando para entender” revela Alexandre Salum de Oliveira, presidente da Associação dos Deficientes Físicos do Paraná (ADFP), instituição apoiadora do evento,  que participou da primeira edição do projeto, em dezembro de 2021.  

Sobre Allef Furtado

Psicólogo formado pela PUC-PR, especializado em Psicodrama Terapêutico pela Associação Paranaense de Psicodrama e escalador amador. Utiliza a atividade esportiva para reforçar o vínculo terapêutico com os pacientes. “A escalada  é uma paixão pra mim e os meus pacientes começam o atendimento no muro de escalada, para depois virem para o consultório”, explica. O profissional da saúde acredita que a atividade esportiva traz uma ligação de confiança única. “É quase que um cordão umbilical, pois na escalada a corda é o objeto que garante que quem está escalando  não vai cair no chão” analisa. “É a mesma confiança que o paciente precisa estabelecer com o terapeuta” conclui.

Allef Furtado também atua como palestrante e coordenador de vivências psicodramáticas. O Projeto Escalada Terapêutica é uma iniciativa pessoal, que busca inclusão social para pessoas com deficiência e mobilidade restrita, incluindo a Para escalada para auxiliar nos aspectos relacionais e psicológicos importantes para desenvolver vínculos.

Serviço

Escalada Terapêutica

Dia: 17/07 – domingo 

Horário: das 9h às 12h

Local: Campo Base Ginásio de escalada (Rua: Presidente Kennedy, 35 – Rebouças).

Inscrições pelo WhatsApp (41) 99999-0604, no valor de R$:50,00.

Informações sobre o projeto no site

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui