Abertura da temporada da Baleia Franca 2022, em Santa Catarina

DCIM103MEDIA

Na última semana, Imbituba (SC) recebeu Karina Groch, diretora de Pesquisa do Projeto Pró-Franca, Instituto Australis, a vice-presidente do Conselho de Administração da Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), Marina Figueiredo, e o especialista em Distribuição Hoteleira da HSytem, Paulo Victor, para um encontro inédito: juntos, eles promoveram um encontro dedicado aos donos de pousadas e hotéis da região.

Realizada pela primeira vez, no total, a ação contou com mais de 40 pessoas (ou 10% dos que hoje integram a região, formada por 450 empreendimentos), aí inseridos, além dos donos de hotéis e pousadas, dirigentes do receptivo Santa e Bella e da agência Ao Sul Natural Turismo.

Idealizado e organizado com o objetivo de oficializar a abertura da temporada 2022 de observação das baleias, que segue até outubro, o evento é uma das várias ações que o Núcleo de Turismo da Praia do Rosa e a Prefeitura de Imbituba, por meio da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico e o SEBRAE, estão planejando para os próximos meses, com o objetivo de reposicionar o destino entre os principais nacionais na categoria Turismo de Natureza – a Praia do Rosa está localizada em Imbituba, a Capital Nacional da Baleia Franca, região que tem o registro de maior incidência de Baleias Franca do Brasil e único lugar do País onde é possível avistar as baleias da praia.

“A Praia do Rosa foi durante muito tempo promovida internacionalmente, sendo membro do Most Beautiful Bays of the World e estando entre as 40 baías mais belas do mundo”, disse Regina Pereira, Coordenadora do Núcleo de Turismo da Praia do Rosa.

Capacitação do empresariado local

Além da abertura da temporada, na qual é esperada cerca de 30 mil pessoas este ano, o encontro teve o objetivo de conectar o empresariado local com as operadoras de turismo, reforçando a importância da parceria e do relacionamento com o trade. “Esperamos muitos turistas, mas muitas baleias também. Para este ano, há a expectativa de chegarmos próximo ou até passar o registrado em setembro de 2018, quando tivemos quase 300 baleias na região”, comentou Karina Groch.

Marina Figueredo, vice-presidente do Conselho de Administração da Braztoa, falou sobre a capilaridade das operadoras de turismo da Associação. “Somente em 2021, juntas, as operadoras embarcaram mais de 7,4 milhões de passageiros”. E, para conectar as pousadas às operadoras da Braztoa, Paulo Victor apresentou as ferramentas da HSystem que, a partir de seu Channel Manager, permite conectar as hospedagens com mais de 600 operadoras nacionais e internacionais.

“Em 2020 e 2021, as pousadas e hotéis de Imbituba tiveram o melhor inverno de todos os tempos, com ocupação muito acima da média dos anos anteriores. Mas este ano tendem a voltar ao período pré-pandemia, com ociosidade na baixa temporada”, comentou Henrique Melo, Secretario da SEDETUR de Imbituba, ao destacar que o evento se firma como o primeiro passo para a consolidação desejada e que o destino merece por seus atrativos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui