Será na 1ª Vara que que Cris Lauer perderá o mandato ?

Será na 1ª Vara que  que Cris Lauer perderá o mandato ?

A audiência de instrução da ação civil pública por improbidade administrativa contra a vereadora Cristianne Costa Lauer, conhecida como Cris Lauer (Partido Novo), está marcada para o dia 10. Esta ação foi apresentada em julho de 2022 pelo Ministério Público Estadual (Patrimônio de Proteção ao Patrimônio Público). O objetivo da audiência, que ocorrerá às 14h na 1ª Vara da Fazenda Pública de Maringá e será presidida pelo juiz Márcio Augusto Matias Perroni, é a coleta de provas e depoimentos de testemunhas.

Cris Lauer, uma política alinhada ao bolsonarismo conhecida por ataques baseados em fake news e por manter um relacionamento conflituoso com seus colegas de legislatura, é acusada de enriquecimento ilícito. As acusações afirmam que ela utilizou serviços advocatícios de seu chefe de gabinete para assuntos pessoais e se ausentou de eventos legislativos, usando de forma irregular o trabalho de seu ex-assessor, o advogado Bruno Gimenes Di Lascio, cujo salário era pago com recursos públicos.

O Ministério Público do Paraná (MPPR) solicita na ação civil pública a condenação da vereadora com base no inciso I do artigo 12 da Lei de Improbidade Administrativa. O promotor de justiça Leonardo da Silva Vilhena, da 20ª Promotoria, requer a perda do mandato de Cris Lauer, eleita em 2020 pelo PSC com 1.785 votos, a suspensão de seus direitos políticos por até 14 anos, o pagamento de uma multa e a devolução de R$ 19.638,02 (com correção posterior). Em caso de condenação, ainda é possível recorrer em segunda instância.

Com informações do Maringá   News

Redação O Diário de Maringá

Notícias de Maringá e região em primeira mão com responsabilidade e ética

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Maringá 77 anos

Isso vai fechar em 20 segundos