Radioterapia é indicada para alívio da dor de metástases ósseas

0
173
Radioterapia
Radioterapia

Dados apontam que cerca de dois terços dos pacientes portadores de câncer apresentarão metástases ósseas, mais comumente para a coluna vertebral. Uma metástase ocorre quando as células do câncer se espalham pelo corpo e invadem ossos, órgãos e tecidos adjacentes. Qualquer tipo de câncer é capaz de gerar metástase óssea, porém os que mais causam são justamente alguns dos mais incidentes na população brasileira, como os de mama, próstata e pulmão.

“A ocorrência de metástase óssea poderá ser em poucos meses ou até mesmo depois de anos a partir do diagnóstico da doença. A radioterapia tem um papel fundamental no tratamento da metástase óssea, que pode ser ablativo (curativo) da lesão óssea (geralmente em pacientes com poucas lesões) ou, às vezes, para alívio da dor causada pela lesão óssea. Usualmente, são tratamentos ambulatoriais muito efetivos, de curta duração e realizados em uma a cinco sessões, cita o rádio-oncologista Henrique Balloni, do Oncoville, clínica de radioterapia.

Um dos problemas também apresentados pela metástase óssea é a dor e o risco de fraturas que podem ser minimizados quando submetidos à radioterapia local.

Técnicas de radioterapia

“Existem diversas técnicas de radioterapia que podem ser utilizadas no tratamento das metástases ósseas. A definição da melhor técnica e do número de sessões dependem das condições clínicas do paciente, do tipo de tumor, da localização da lesão óssea bem como dos tratamentos associados de quimioterapia, hormonioterapia ou imunoterapia utilizados pelo paciente”, cita Dr. Balloni.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui