Escolha correta de disjuntores pode evitar incêndios

Levantamento da Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos da Eletricidade (Abracopel), aponta que mais de 50% dos incêndios ocorridos em casas ou apartamentos são ocasionados por sobrecarga no sistema elétrico.

Boa parte desses casos ocorrem pelo mau funcionamento e pela inadequação dos disjuntores. Projetado para desarmar em caso de sobrecarga, o dispositivo não atua se não tiver capacidade compatível com a dos equipamentos conectados.

É importante que o morador e o eletricista saibam a amperagem correta do disjuntor, de acordo com os tipos aparelhos e eletrodomésticos. Um disjuntor com pouca capacidade vai desarmar sem necessidade, enquanto que um disjuntor com amperagem alta pode não desarmar, aquecer a fiação, e causar curto-circuito.

Para facilitar o processo de escolha, a Elgin lançou uma linha completa de disjuntores com informações na embalagem, que indicam qual a versão ideal para cada tipo de uso. Além disso, uma sinalização no próprio aparelho mostra se ele está armado ou desarmado.

Mais informações em www.elgin.com.br