Hospital da Criança: Ricardo Barros, Cida Borguetti e Maria Victoria são responsáveis pelo “Turismo da Dor”?

Hospital da Criança: Ricardo Barros, Cida Borguetti e Maria Victoria são responsáveis pelo “Turismo  da Dor”?

A obra do Hospital da Criança de Maringá foi anunciada pelo, então Ministro da Saúde, Ricardo Barros, sua esposa, Cida Borguetti, e a filha, deputada estadual, Maria Victoria.
O hospital foi construído pela Organização Mundial da Família (WFO), uma organização com histórico de problemas em outras obras semelhantes.

Unimeds dominam ranking de reclamações da ANS

Foi um presente de grego da família Barros a gestão do prefeito de Maringá, Ulisses Maia.

A estrutura que foi montada terá que contratar cerca de 1.300 funcionários e, para ser viável, terá que atender todo o estado do Paraná, parte de São Paulo e Mato Grosso.

A família Barros poderia ter alocado recursos para fortalecer os hospitais já existentes em Maringá, para  contratar especialistas para atender as crianças na cidade. Assim, o problema do “Turismo da Dor”já estaria resolvido.

Não podemos esquecer que quando Cida deixou o governo, ficou uma polêmica sobre 50 milhões que, segundo ela, teria deixado para o hospital. Mas, na época, a equipe de Ratinho Junior não encontrou, parecendo apenas mais uma bravata política.

Se alguém precisa ser questionado pelo “Turismo da Dor” e o não funcionamento do hospital da criança são Ricardo Barros, Maria Victória e Cida Borguetti.

Só falta Silvio Barros ser candidato a prefeito em 2024 e prometer o que o irmão, a cunhada e a sobrinha não cumpriram sobre o Hospital da Criança

Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira

Rádios: Eden FM Centenário do Sul Rádio Colorado AM Rádio Menina FM de Blumenau Rádio Globo AM Blumenau Globo FM Maringá Rede de Rádios Maringá Metropolitana FM - Maringá Jovem Pan FM - Maringá Emissoras de TV: TV Maringá Band Maringá Record RIC TV Maringá RTV 10 Maringá Record News Rede Mercosul Estado do Paraná Outras informações: Cerimonialista Jornalista - MTB 0011341/PR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *