Após 8 anos fechado, Portão 2 do Parque do Ingá é reaberto.

0
212
O prefeito Ulisses Maia reabriu nesta sexta, 24, o portão 2, fechado há oito anos, que dá acesso ao Parque do Ingá pela avenida Laguna, na Vila Operária. A solenidade contou com a participação de alunos e professores da Escola Municipal Osvaldo Cruz e da Banda Joubert de Carvalho, autoridades federais, estaduais e municipais, servidores da Prefeitura, convidados e comunidade.
O portão 2 leva a uma passarela de 232 metros que entra pela mata e chega até ao lago central da reserva. Por ser o trajeto feito por moradores das décadas de 50 e 60 para lavar as roupas nas águas do córrego Moscado, é conhecido como ′caminho das lavadeiras′.
No dia 9 de fevereiro em visita com a imprensa ao parque, o prefeito anunciou que no dia 25 deste mês reabriria o portão e que seria feita uma série de intervenções na reserva, realizadas desde o final da semana passada com mutirão de limpeza e reforma de diversas atrações.
“Nunca entendi porque esse portão ficou tanto tempo fechado. Foram necessárias pequenas intervenções para reformar a passarela e com esforço de diversas secretarias estamos dando nova vida a esse parque”, disse o secretário de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal, Jaime Dallagnol.
O secretário de Serviços Públicos, Vagner de Oliveira, ressaltou que o prefeito Ulisses Maia cumpriu um compromisso de campanha. “Ulisses garantiu na campanha que iria devolver Maringá aos maringaenses e com a reabertura do portão está fazendo isso”, disse.
Representando a Câmara Municipal, o vereador William Gentil parabenizou a administração e destacou o volume de trabalho do executivo. “Em poucos dias a gestão tem feito muito pela nossa cidade. O prefeito está de parabéns por ouvir e interagir com os vereadores”, afirmou.
Para o vereador Carlos Mariucci não existia justificativa para o fechamento do portão. O edil também ressaltou a importância histórica do caminho de acesso à reserva pelo portão 2 e disse que irá protocolar na Câmara um projeto de lei que homenageia as mulheres pioneiras da Vila Operária, “que ajudaram a construir Maringá e que passavam por essa entrada”, destacou.
O vice-prefeito, Edson Scabora, lembrou que a reabertura do portão e revitalização do parque é resultado da competência dos secretários municipais. “Escolhemos todos nossos secretários por critérios extremamente técnicos que são a espinha dorsal da administração. Junto com o esforço dos servidores ainda faremos muito pela nossa cidade”, disse.
O deputado federal, Edmar Arruda, parabenizou a administração em oportunizar à comunidade o segundo acesso a um dos maiores patrimônios maringaenses, além de se comprometer a trazer recursos para o parque. “O município ganha com essa alternância de poder, é uma dinâmica boa para a cidade. Firmo o compromisso em fazer uma emenda para buscar recursos para reformar a pista de caminhada no entorno do parque”, garantiu o parlamentar.
Dia especial
O prefeito Ulisses Maia destacou que o “dia é muito especial” para os maringaenses, no parque que é um dos principais cartões postais do município.
“Na visita com a imprensa vimos como o parque, que a população ama e é espaço de lazer, estava sujo, abandonado, um depósito de entulho, de forma inacreditável. Para mudar isso, envolvemos diversas secretarias para que as atrações do parque voltem a funcionar e atrair os visitantes”, ressaltou.
Maia lembrou da importância dos servidores, aos quais chamou de ′valorosos profissionais′, e definiu que a Secretaria de Esporte e de Cultura serão responsáveis por algumas atrações.
“A Secretaria de Cultura será responsável por atrações no Centro de Apoio ao Turista que estava desativado e a Secretaria de Esportes e Lazer pela tirolesa e arvorismo, aparelhos com 10 anos e nunca usados, que dependem de liberação do Corpo de Bombeiros para entrar em atividade”, afirmou Maia, lembrando que os triciclos encontrados em um depósito empoeirado poderão ser utilizados.
O prefeito também ressaltou as ações da administração nos 54 dias de mandato. “Com o apoio de nossa equipe conseguimos dobrar a ocupação do Hospital Municipal, iniciar o mutirão das consultas especializadas, lembrando que população sofria meses e anos aguardando uma consulta. Em apenas uma compra de materiais de laboratórios, economizamos R$ 700 mil, imaginem num orçamento de R$ 400 milhões”, afirmou.
Maia ainda destacou que em decorrência de cancelamento de licitações no ano passado pela gestão anterior, somado aos meses chuvosos de janeiro e fevereiro e ao consequente rápido crescimento da vegetação a poda de mato alto foi comprometida, mas que em poucos meses a administração resolverá o problema. O prefeito ainda falou sobre a reciclagem que foi iniciada nesses dias e que abrangerá 100 % da zona urbana.
“A população está contente com a coleta seletiva. Não gastamos nada, sendo apenas resultado de planejamento. Invés de pagar para uma empresa aterrar, estamos gerando renda para as cooperativas da cidade e preservando o meio ambiente”, disse o prefeito.
O prefeito finalizou o discurso, lembrando que o seu mandato será de paz e que divergências da última campanha não devem ser lembradas. “Estive em reunião com os deputados federais, estaduais e com o ministro da Saúde. Todos agora devem estar empenhados em trabalhar por Maringá”, concluiu.
Para abrir o cadeado e reabrir o portão o prefeito convidou servidores que trabalharam na reforma da passarela. Maia visitou com secretários municipais as principais atrações do parque revitalizadas e conversou com visitantes.
A solenidade de reabertura do portão ainda contou com a participação do vereador Altamir da Lotérica, do vereador Do Carmo, da secretária da Mulher, Aracy Reis; de Patrimônio, Coronel Paulo Cartens; do Planejamento, Celso Saito; de Mobilidade Urbana, Gilberto Purpur; do chefe de Gabinete, Domingos Trevisan; do coordenador do Procon, Rogério Calazans, do representante do deputado federal Luiz Nishimori, Laércio Rodrigues, e da deputada estadual Maria Victoria, Hamilton Cardoso.
Saiba Mais
Com uma área superior a 470 mil metros quadrados, o Parque do Ingá que recebe o nome do fundador ex-prefeito Adriano Valente, foi inaugurado em 1971. Conhecido inicialmente como Bosque I, a reserva leva o nome do gênero Inga, abundante no local. O parque é aberto de terça a domingo, entre as 9 e 20 horas para visitação.
for-peças

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui