Beleza e Estética: A Menopausa Refletida Na Pele!

0
635
Dra Luciana Toral
Dra Luciana Toral

Além de Todos os Sintomas Físicos Desagradáveis que a Mulher passa ao Entrar na Menopausa, o Envelhecimento da Pele Acontece 2x Mais Rápido. E aí? O Que Fazer Para Prevenir e Tratar?

A Menopausa é um Divisor de Águas na Vida da Mulher. Não apenas para as Novas Mudanças no Corpo, mas também para uma Mudança Mental.

E Como a Mulher Deve Agir, Diante do prenúncio do Envelhecimento trazido pela menopausa e das Consequências do Fotoenvelhecimento, que são logo vistas na pele?

Como o envelhecimento é inerente a tudo que existe, a menopausa é um marco e faz parte do ciclo natural na vida da mulher. A sensação de que nada mais será como antes, assim como foi na primeira menstruação, será também na última, encerrando um ciclo. Da mesma forma, como também é único o período reprodutivo, em que a mulher passa por uma gravidez. A mulher é feita de fases, e cada fase está relacionada com o sistema hormonal.

Antes da menopausa a mulher passa por um período chamado de climatério, que nada mais é do que a transição da fase reprodutiva para a pós-menopausa. Seu início acontece, aproximadamente entre os 40 e 50 anos e termina com a última menstruação, dando início ao novo ciclo: a Menopausa.

Precisamos entender que é na fase do climatério que os hormônios femininos começam a diminuir. Além disso, a menopausa tem uma grande influência psicológica sobre a mulher. É todo um conjunto de fatores, relacionados com o envelhecimento, não apenas cronológico, mas também o fotoenvelhecimento da pele, causado por fatores ambientais; exposição solar excessiva, sedentarismo, má alimentação, tabagismo, má qualidade do sono, além das deficiências hormonais, ou seja, é um outro tipo de envelhecimento, e que em sua maioria, acontece por falta de cuidados com a pele e com a saúde como um todo. E considerando isso, as alterações são ainda mais significativas associadas ao declínio hormonal.

A Dra. Luciana Toral, Médica especialista em Medicina Estética Avançada, também Idealizadora do Curso de Imersão “Hands On”, onde ela ensina na prática, técnicas de aperfeiçoamento em Botox, preenchimento, fios de PDO e Bioestimuladores, explica: “-O principal hormônio que na menopausa tem uma queda significativa é o estrógeno, que é responsável pela estruturação da pele, aumentando a espessura e a vascularização, além de ajudar no colágeno, que faz esse suporte estrutural e funcional. Então, quando o estrógeno diminui por conta da menopausa, há também uma redução importante das fibras de elastina e colágeno, responsáveis pela sustentação da pele. Há também uma diminuição da vascularização sanguínea levando uma redução da capacidade de retenção de água e é por isso que a pele fica mais seca. Além de diminuir a atividade das glândulas sebáceas e sudoríparas, deixando a pele mais fragilizada.

Com todos esses fatores causados pela diminuição do estrógeno, a pele fica atrófica- diz a Dra. Luciana- e com a perda do tônus e da elasticidade, a pele também fica mais fina, seca, flácida, com rugas e mais frágil, inclusive pode ocorrer uma dificuldade até na cicatrização de feridas.

E ao diminuir o estrógeno, acaba ocorrendo uma preponderância de hormônios andrógenos que pode resultar no aparecimento de pêlos mais grossos, incluindo queixo e na face lateral do rosto feminino – Completou a Dra. Luciana Toral

Como Prevenir a Pele dos Possíveis Danos Causados Pela Menopausa?

A partir dos 30 anos as fibras de colágeno caem 1% ao ano, na menopausa caem 2% ao ano. Isso significa que, nos anos pós menopausa, a mulher passa a perder o dobro, além daquilo que já vinha perdendo desde os 30 anos. Por isso, somado aos cuidados básicos, envolvendo boa alimentação, sono saudável e atividades físicas, é necessário um Skincare bem feito, uma rotina de dermocosméticos e o indispensável protetor solar, principalmente no verão e na fase pós menopausa.

E Quais Procedimentos Estéticos São Indicados para a Pele Nesta Fase?

Segundo a Dra. Luciana Toral, os procedimentos estéticos mais indicados são a toxina botulínica; para melhorar as linhas de expressão, o preenchimento, para reter os impactos do envelhecimento, e principalmente os bioestimuladores de colágeno injetáveis, principalmente em rosto, pescoço e mãos, que são os locais onde aparecem mais os sinais da velhice. Os três procedimentos são importantes na menopausa, principalmente os Bioestimuladores de colágeno, que costumo, indicar para pacientes mais jovens, também, a fim de que assim, elas consigam criar uma reserva de colágeno que resultará lá na frente, na pós menopausa, em grandes privilégios para a pele – Finalizou a Dra. Luciana.

Dra. Luciana Toral é Médica especialista em Medicina Estética Avançada, possui diversos títulos dentro da medicina estética, onde também ministra cursos. É proprietária da LT Medicina & Estética Avançada na cidade de Ibaiti/PR e Idealizadora do Curso Imersão Hands On, onde ensina Profissionais a aperfeiçoarem suas técnicas de Preenchimento, Botox, Fios de PDO e Bioestimuladores.

Instagram: @dralucianatoral

Site: https://dralucianatoral.com.br

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UChKYyk2Qikgu8OMu_4EYjbg

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui